Este espaço será reservado para dar dicas de livros e filmes relacionados com temas psicológicos que possam de alguma forma ajudar em questões internas, como simples curiosidade ou apenas entretenimento.
Como profissional da saúde procuro disponibilizar todas as ferramentas que estão ao meu alcance para proporcionar mais conhecimento e assim ajudar no processo de autoconhecimento. Fator importante para conseguir uma vida mais equilibrada, saudável e feliz.

****Todos os links e arquivos que se encontram no site, estão hospedados na própria internet, somente indicado aonde se encontram, não hospedamos nenhum cd, livro ou programa que seja de distribuição ilegal. - O dono do site não tem responsabilidade alguma sobre os arquivos que o usuário venha a baixar e para que irá utilizá-los.**** 


"A tarefa terapêutica está na relação de cuidar. Cuidar é acompanhar, é estar junto, é receber, é estar aberto à pessoa."


27 de Agosto - Dia do Psicólogo

Ser Psicólogo

Carta a um Psicólogo

Homenagem ao Dia do Psicólogo


Livros

A arte de amar

O autor explora as maneiras pelas quais o amor pode alterar todo o curso de nossa vida. A maioria das pessoas não consegue desenvolver sua capacidade de amar no único nível que realmente importa - um amor constituído por maturidade, autoconhecimento e coragem. O aprendizado do amor exige prática, concentração, insight e compreensão. Neste livro, o Fromm aborda o amor sob todos os seus aspectos :  o amor romântico,  o amor dos pais pelos filhos, entre irmãos, o amor erótico, o amor-próprio e o amor por Deus.

Autor: Erich Fromm
Editora: Martins
Ano: 2000



Timidez: um guia prático para superar os seus medos e conquistar o controle de sua vida.

Segundo Bernardo Carducci, especialista norte-americano em timidez da Universidade de Indiana, 75% das pessoas apresentam comportamentos tímidos na presença de estranhos. Mas, para os introspectivos crônicos, estes comportamentos são freqüentes, intensos e emperram a vida. Neste livro, o autor dá dicas de como vencer as barreiras criadas pela timidez e ter maior qualidade de vida.

Autor: Bernardo Carducci
Editora: Alegro
Ano: 2002


Sexualidade, cinema e deficiência

Coleção de textos próprios e de outros 14 especialistas que trazem contribuições da academia e do cinema para as leituras e releituras de temas tão antigos, que ainda requer debates constantes.

Os autores escolheram 13 filmes como ponto de partida para discutir os diferentes aspectos relacionados à sexualidade dos portadores de deficiência, em seu sentido mais amplo, e não restrito à genitalidade.

Autores: Thiago de Almeida, Francisco B. Assumpção Jr.
Edição | Ano: 1ª Edição, 2008
Editora: LMP



 

Ciúme e suas consequências para os relacionamentos amorosos

Autor: Thiago de Almeida
Edição | Ano: 1ª Edição, 2007
Editora: Certa

 



 

Vida de Equilibrista - Dores e delícias da mãe que trabalha

 

Livro: Vida de Equilibrista - Dores e delícias da mãe que trabalha
Autora: Cecília Russo Troiano
Editora: Cultrix
Número de Páginas: 200

O que você encontra no livro:

1. Tempo de Mudança

Antes de decidir ter filhos, a mulher coloca a vida pessoal e profissional na balança e faz opções, como adiar a maternidade. Junto com o bebê, nascem mais dúvidas: trabalhar ou não? Como se adequar às duas missões?

2. Caindo na Real
De volta ao trabalho, a mãe mais parece uma mulher-elástica tentando dar conta da própria rotina. Uma sólida rede de apoios se mostra necessária. Nela, avós, escolas, babás e empregadas merecem destaque.

3. Pai ao lado
Sobrecarregadas, elas acham a ajuda dos maridos insuficiente, mas nem sempre abrem mão de controlar a rotina da casa e dos filhos. Já eles sentem orgulho de ver que suas mulheres pilotam várias frentes com muita habilidade.

4. Coração Dividido
A dupla jornada não começa sem uma pitada de culpa. Com o firme propósito de conciliar a carreira e a criação dos filhos, a mãe profissional sonha com mais liberdade e menos horas de trabalho.

5. Equilibrista Feliz
Além da alegria de ser mãe, a vida de equilibrista gera desenvolvimento pessoal.
A mulher passa a cumprir várias tarefas ao mesmo tempo (e bem) e utiliza talentos aprendidos na lida com as crianças no seu ambiente de trabalho.

6. Marcas de Mãe
Desde a década de 60, o retrato da mulher apresentado pela propaganda das marcas vem sofrendo mudanças e adaptações na busca por estabelecer um canal de comunicação mais eficaz com essa múltipla mulher.

7. Vale a pena
Apesar da culpa, do desgaste e das pressões, as delícias ganham das dores e a equilibrista acredita que a dupla missão vale a pena, mesmo com o coração dividido.

Apêndice
Apresentação da metodologia de pesquisa, dos entrevistados, da bibliografia utilizada no livro e novos dados da pesquisa.

Maiores informações acesse:
www.vidadeequilibrista.com.br

 

Rivalidade entre irmãos

por Gláucia Leal



A chegada de um bebê costuma criar expectativas e ser motivo de alegria. E também de conflitos, inseguranças e angústias – principalmente para as crianças mais velhas, que podem se sentir ameaçadas pela presença do recém-nascido, que se torna o centro das atenções. O livro Irmãos ciumentos, irmãs egoístas, lançado pela Paulus, escrito e ilustrado pelo americano R. W. Alley, trata desse assunto delicado. O autor dirige-se não apenas às crianças, mas também a pais e educadores para lembrar que a rivalidade entre irmãos pode não ser uma situação transitória, mas persistir, privando as pessoas da convivência afetiva intensa com seus irmãos e propiciando afastamentos muitas vezes intransponíveis na vida adulta.

Afinal, pode haver desconforto em ser o primogênito e ver todas as atenções voltadas aos caçulas que “precisam de mais cuidados”; mas ser o mais jovem da turma também desperta a sensação de que nunca será possível ser “bom o suficiente” como os irmãos maiores, que parecem saber (e ter permissão para fazer) quase tudo. Nem os filhos do meio escapam à angústia de viver “espremidos” entre a primazia dos mais velhos e a atenção dada aos mais novos. “Às vezes fica mesmo difícil dividir. Quando você e seu irmão (ou irmã) desejam a mesma coisa e só um pode tê-la naquele momento, vocês terão uma disputa”, escreve o autor. E aprender a ceder ou compartilhar em geral não é tarefa fácil. Mas tem suas compensações.

Alley ressalta que não importa o número de crianças que há em uma casa, se são meninos ou meninas, ou sua idade. Elas têm em comum os pais- – e a necessidade de compartilhá-los. Independentemente da ordem de nascimento, enfrentar essa realidade é um aprendizado importante e muitas vezes doloroso. “Mostrando que há espaço afetivo para todos, os adultos encorajam as crianças a crescer unidas, partilhando suas vidas. Assim, elas podem acreditar que são especiais, cada uma a sua maneira, na família e também no mundo. E o que é o mundo, senão uma grande família?”


Fonte: Revista Mente e Cérebro

 

Poemas para brincar e aprender

Divertidas, poesias favorecem aprendizado e criatividade

por Gláucia Leal


O escritor José Paulo Paes tinha razão: “Poesia é brincar com palavras como se brinca com bola, papagaio e pião”. E pode ser uma forma divertida de falar de sentimentos, evocar imagens, exercitar a atenção e a criatividade – e ainda descobrir o quanto juntar sentidos, ritmos e sons é lúdico. Nos últimos anos, cada vez mais psicólogos, psicopedagogos, educadores e pais têm descoberto o potencial dos versos. E o mercado editorial, atento a esse segmento, traz novidades.

É o caso do recém-lançado Limeiriques da Cocanha, pela Companhia das Letrinhas, de Tatiana Belinky, ilustrado por Jean-Claude Alphen. Cocanha é uma terra de abundância, liberdade, ócio, prazeres absolutos e eterna juventude, uma espécie de Shangri-lá, idealizada por um anônimo poeta francês do século XIII. Belinky explora o imaginário sobre o lugar e oferece aos pequenos leitores um mundo de fantasia, onde não há “nada melhor do que não fazer nada”.

Já Caixinha de poesias, da ArxJovem, foi escrito quando a autora, Fernanda Monteiro Barroso de Castro, tinha entre 9 e 10 anos. Os textos ingênuos falam de temas como amor, saudade, amizade e até preocupações ecológicas, como revela “Animal”: O animal não pode sofrer/ A matança tem de parar de acontecer/ E os homens têm de aprender/ Que o animal não pode desaparecer. Outro lançamento, Circo mágico – Poemas circenses para gente pequena, média e grande, de Alexandre Brito, da Projeto Editora, “passeia” pelo universo do picadeiro, apresentando seus personagens.

E mesmo os livros que já estão no mercado há mais tempo podem trazer surpresas. Em A caligrafia de Dona Sofia, publicado pela editora Paulinas, André Neves conta a delicada história da professora aposentada que conhece os segredos, os sonhos, as sensações que as frases dos poetas despertam – e, com sua linda letra, escreve poesia por todos os cantos da casa, até não sobrar mais espaço. Ela passa então a presentear os moradores da cidade com versos de escritores da língua portuguesa: Fernando Pessoa, Carlos Drummond de Andrade, Manuel Bandeira, Mário Quintana, Cecília Meireles...

Fonte: Mente & Cérebro



Filmes


O amor é cego
Shallow Hall

Comédia | 2001
Tema: Relacionamento

Um homem que busca sempre namoradas de acordo com o tipo físico que elas possuem é hipnotizado de forma a visualizar apenas a beleza interior delas.


as_horas

As horas
Nome original: The hours
Realizador: Stephen Daldry
Ano: 2002
País: EUA
Género: Drama
Tema: Depressão

"Em três períodos diferentes vivem três mulheres ligadas ao livro ""Mrs. Dalloway"". Em 1923 vive Virginia Woolf (Nicole Kidman), autora do livro, que enfrenta uma crise de depressão e ideias de suicídio. Em 1949 vive Laura Brown (Julianne Moore), uma dona de casa grávida que planeia uma festa de aniversário para o marido e não consegue parar de ler o livro. No presente vive Clarissa Vaughn (Meryl Streep), uma editora de livros que vive em Nova York e dá uma festa para Richard (Ed Harris), escritor que fora seu amante no passado e que actualmente está a morrer com Sida."

Ganhou o Óscar de Melhor Actriz (Nicole Kidman), além de ter sido nomeado para 8 categorias: Melhor Filme, Melhor Realizador, Melhor Actor Secundário (Ed Harris), Melhor Actriz Secundária (Julianne Moore), Melhor Figurino, Melhor Edição, Melhor Argumento Adaptado e Melhor Banda Sonora. Ganhou 2 Globos de Ouro, nas categorias de Melhor Filme - Drama e Melhor Actriz - Drama (Nicole Kidman. Recebeu ainda outras 5 nomeações nas seguintes categorias: Melhor Realizador, Melhor Actor Secundário (Ed Harris), Melhor Actriz Secundária (Meryl Streep), Melhor Argumento e Melhor Banda Sonora.

 

melhor_impossivel_1997_poster














Melhor é impossível

Nome original: As good as it gets
Realizador: James L. Brooks
Ano: 1997
País: EUA
Género: Comédia Romântica
Tema: Transtorno Obsessivo-Compulsivo

Os destinos dum artista gay, dum escritor com problemas mentais e duma empregada de mesa reunem-se... Com humor, o filme aborda as 'neuroses', os 'traumas' e as 'frustrações' de todo ser humano.

"Óscares: vencedor melhor actor (Jack Nicholson) e actriz (Helen Hunt); nomeações melhor filme, actor secundário (Greg Kinnear), argumento original, montagem e banda sonora. Globos de Ouro: vencedor melhor filme comédia/musical, actor comédia/musical (Jack Nicholson) e actriz comédia/musical (Helen Hunt); nomeações melhor realização (James L. Brooks), actor secundário (Greg Kinnear) e argumento."


shine


















Simplesmente Genial

Nome original: Shine
Realizador: Scott Hicks
Ano: 1996
País: Austrália / Inglaterra
Género: Drama
Tema: Transtorno Obsessivo-Compulsivo

A história é baseada na vida de David Helfgott, pianista australiano que sofre de problemas mentais. Quando criança, David destacava-se no piano, mas o pai, orgulhoso e opressivo, proíbe-o de ter aulas com profissionais. Mesmo assim, na adolescência vai estudar para Londres, onde tem um esgotamento nervoso. Anos depois, devido aos seus problemas emocionais, David torna-se pianista de bar e conhece Gillian (Lynn Redgrave), que o ajudará a ganhar fama e respeito.

Nomeado para sete Óscares, o filme ganhou o de Melhor Actor (Geoffrey Rush).

Uma Prova de Amor


uma-prova-de-amor
Título no Brasil: Uma Prova De Amor
Título original: My sister´s keeper
Gênero: Drama
Duração: 01 hs 49 min
Ano de lançamento: 2009
Site oficial: http://www.mysisterskeepermovie.com/

No drama Uma Prova de Amor, uma jovem chamada Kate (Sofia Vassilieva) tem leucemia diagnosticada. Sua mãe Sara (Cameron Diaz), uma advogada de sucesso afastada do ofício para cuidar da filha debilitada, e seu pai, o bombeiro Brian (Jason Patric), tentam de todas as maneiras reverter o quadro da doença, e quando veem todas as possibilidades cessarem, são aconselhados por um médico a fazer uma fertilização in vitro para que a criança se torne uma doadora. Anna nasce e desde bebê passa a doar sangue, medula óssea e células para a irmã mais velha. Só que o quadro clínico de Kate não melhora, e a única chance de uma possível recuperação é a doação de um rim. A estas alturas, Anna é uma adolescente de 11 anos e se encheu de todo esse processo cirúrgico, então decide ter uma vida normal; ama a irmã, mas quer ter controle do próprio corpo. Procura o advogado Campbell Alexander (Alec Baldwin) e resolve iniciar um processo contra seus pais, pedindo uma “emancipação médica”.

Sara fica horrorizada com a ação judicial, e como estava acostumada a ganhar todos os casos quando exercia a advocacia, decide a todo custo manter Kate viva. Essa, por sua vez, começa a viver um comovente romance com Taylor (Thomas Dekker), um paciente do hospital que também sofre da mesma patologia. Há ainda o irmão Jesse (Evan Ellingson), que se vê cada vez mais ignorado pelos pais e pouco acrescenta a trama.

As performances dão um tom forte ao drama, principalmente a personagem de Cameron Diaz, logo essa atriz que é sempre criticada por fazer comédias insossas. Aqui, ela mostra extrema profundidade sentimental ao fazer uma mãe que se dedica inteiramente à filha. Há de se notar a pequena, porém memorável, participação de Joan Cusack, como a juíza De Salvo, que emociona por ter passado por um drama pessoal. A direção de Nick Cassavetes abusou do uso de flashbacks para contar a história da família, mas mantém um grande impacto emocional, principalmente por tratar de um dilema ético, e deixar uma dúvida a ser respondida pelo expectador: a decisão de Ana é certa ou errada?

 

Preciosa - Uma História de Esperança

preciosa_2Ficha Técnica:

Título Original:Precious: Based on the Novel Push by Sapphire
Gênero:Drama
Duração:01 hs 50 min
Ano de Lançamento:2009
Site Oficial:http://www.weareallprecious.com/

Sinopse:

1987, Nova York, bairro do Harlem. Claireece "Preciosa" Jones (Gabourey Sidibe) é uma adolescente de 16 anos que sofre uma série de privações durante sua juventude. Violentada pelo pai (Rodney Jackson) e abusada pela mãe (Mo'Nique), ela cresce irritada e sem qualquer tipo de amor. O fato de ser pobre e gorda também não a ajuda nem um pouco. Além disto, Preciosa tem um filho apelidado de "Mongo", por ser portador de síndrome de Down, que está sob os cuidados da avó. Quando engravida pela segunda vez, Preciosa é suspensa da escola. A sra. Lichtenstein (Nealla Gordon) consegue para ela uma escola alternativa, que possa ajudá-la a melhor lidar com sua vida. Lá Preciosa encontra um meio de fugir de sua existência traumática, se refugiando em sua imaginação.

 

Jornada da Alma

jornada-da-alma-poster01Título Original: Prendimi l'anima / L'Âme en jeu
Gênero: Drama
Origem/Ano: ITA-FRA-UK/2003
Duração: 90 min
Direção: Roberto Faenza

A história de Sabina Spielrein vista através da lente do cineasta italiano Roberto Faenza (“Página da Revolução”), que surpreende por levantar inúmeras questões para além do tema central que aborda a paixão entre ela e Carl Gustav Jung, seu psiquiatra.

Em 1904 Sabina é levada por seus pais, aos 19 anos para o Hospital Psiquiátrico de Burghölzli, em Zurique, onde Jung, recém nomeado primeiro assistente do Dr. Eugene Bleuler, faz seus primeiros experimentos com o método de associação de palavras e repudia veementemente os procedimentos arcaicos da psiquiatria. Sabina viria a ser uma das primeiras pacientes submetidas à nova técnica que hoje conhecemos como associação livre. Portanto, para Jung, que ainda era discípulo de Freud, a cura desta paciente, cujo diagnóstico era histeria, implicava não apenas em seu reconhecimento profissional, mas também na possibilidade de superar os tão desumanos tratamentos a que eram submetidos os pacientes psiquiátricos.

Por outro lado, Sabina, ao pressentir em Jung a possibilidade de ser compreendida e amada, passa, após um período de total negação, a aceitar o tratamento.

O encontro de Sabina e Jung perpetua a incógnita da transferência e contra-transferência e sua significativa importância no processo de cura, sempre presente nas discussões em psicanálise.Neste caso, tal incógnita é levada ao extremo e uma avassaladora paixão rompe resistências, apesar dos riscos que representa para ambos. Sabina sabe do casamento de Jung, que sabe das implicações éticas de um romance entre um médico e sua paciente.

Vale apontar que a exigências de “neutralidade” e de “impessoalidade” impostas ao analista e tidas como pressupostos para sua eficácia na interpretação da transferência, atravessa a história da psicanálise, mas atualmente começa a ser questionada, embora timidamente.

A necessidade e/ou opção de Jung pela renúncia à sua paixão e seu pedido, ou imposição, pois beira mesmo a uma certa chantagem, para que a amante seja amiga de sua esposa, remete Sabina à busca de si mesma.
Não é por acaso que estuda medicina, se especializa em psicanálise, e troca correspondências com Freud: interditado, o objeto do desejo sobrevive, através da identificação.

Há uma cena muito significativa em que Sabina, ainda internada, (sua alta do hospital ocorre em 1905, após quase um ano de tratamento), reage com uma tentativa de suicídio ao sentir-se traída por Jung que se ausenta por alguns dias.No retorno deste, ela lhe mostra seu testamento, segundo o qual sua cabeça é oferecida a Jung, para que a disseque e a estude. Em agradecimento, ele lhe presenteia com um seixo que representa sua alma.

A impossibilidade de metáfora de Sabina em um surto de psicose histérica, representada por esta doação, no real, de parte de seu corpo, contrasta com a total simbologia que Jung atribui ao seixo.

Por outro lado, Sabina precipita em Jung sua decisão de rompimento, quando lhe pede um filho, ou quem sabe, permissão para a maternidade, uma vez que sua crença de que seria incapaz para ser mãe estaria no âmago de sua estrutura histérica, pois impossibilitaria a realização de seu imenso desejo de procriação, localizado no enredo de forma sensível ao focaliza-la em sua obsessão em modelar gatinhos em argila.
Mas, ao contrário do previsível: não suportar o rompimento e desestruturar-se, a ex paciente, e ex amante de Jung, além de tornar-se mãe, dedica-se à psicanálise de crianças e dirige uma famosa escola soviética, conhecida como Escola Branca ou Creche Branca.

A partir da separação dos amantes, é o contexto histórico-social em que os personagens estão inseridos que parece servir de bússola ao roteiro, aliás, polifônico: constam na ficha técnica seis roteiristas. Mas a regência de Roberto Faenza dá o tom deliciosamente melodramático em, pelo menos, dois momentos: na cena em que Sabina reúne os pacientes no sanatório para um baile improvisado ao som do piano, demonstrando toda sua vivacidade e contagiando os demais, o que sinaliza sua saída do estado psicótico; e naquela em que um senhor russo narra a história de um menino apático e solitário, que mantinha os dedos entrelaçados e recusava qualquer contato. Através de flashback, recurso talvez banal, mas eficaz, vamos sabendo como a diretora da Escola Branca logrou, após inúmeras tentativas, desatar os dedos desta criança e provocar seu sorriso. O menino era o próprio narrador.

Costurado por uma situação contemporânea em que um historiador e uma suposta descendente de Sabina Spielrein se unem por, em última análise, estarem interessados na pesquisa de um mesmo tema, o enredo pode, para alguns, incomodar por sua fragmentação. No entanto, parece-me absolutamente coerente com o destino de Sabina, que aderiu à revolução russa para depois ter que enfrentar Stálin, e acaba sendo executada por soldados nazistas (era judia), junto com suas duas filhas, em uma sinagoga de Rostov, sua cidade de origem.

Por fim, parte de seu diário, e não seu diário completo, é encontrado na década de setenta e é a partir dele que a dupla de pesquisadores nos guia nesta jornada para a alma de uma mulher que, ao percorrer o caminho da loucura, encontra sua própria capacidade de promover a cura, a sua e a de outros.

 

Meninos não choram



meninos-nao-choramSaiba como Teena Brandon se tornou Brandon Teena e passou a reivindicar uma nova identidade, masculina, numa cidade rural de Falls City, Nebraska. Brandon inicialmente consegue criar uma imagem masculinizada de si mesma, se apaixonando pela garota com quem sai, Lana, e se tornando amigo de John e Tom. Entretanto, quando a identidade sexual de Brandon vem público, a revelação ativa uma espiral crescente de violência na cidade.

titulo original: (Boys Don't Cry)
lançamento: 1999 (EUA)
direção: Kimberly Peirce
atores: Hillary Swank , Chloë Sevigny , Peter Sarsgaard , Brendan Sexton III , Alison Folland
duração: 114 min
gênero: Drama
status: arquivado

Ao mudar de cidade, Teena (Hilary Swank, em atuação formidável) passa a vestir-se como um rapaz; experimenta o prazer de dirigir em alta velocidade, de ser tratado como igual pelos amigos, e de ser desejado pelas garotas. Brandon se encanta com Lana (Chloe Sevigny, uma forte e tocante presença em cena), que passa a ser sua namorada. Não sabemos em que ponto Lana fica sabendo que Brandon não é de fato um garoto, mas ela acaba sabendo, assim como sua família, e aí vem a tragédia. John (Peter Sarsgaard) e Tom (Brendom Sexton III) são amigos de Lana e Brandon mas, quando descobrem sua verdadeira identidade, tratam de castigá-la brutalmente como a um rapaz. Ao final, descobrimos que os dois são psicopatas e que, embora os fatos sejam verídicos, fica faltando algo que justifique o que fazem. Essa é a única ressalva a ser feita num filme cheio de raras qualidades. O filme atinge seu clímax na revelação da identidade de Brandon, quando ele é forçado a tirar a roupa - e vemos, como os que estão a sua volta, que ele é uma menina. A nudez de Brandon é a maior violação, maior que o estupro; é a violação de sua identidade, de sua alma de rapaz. Ao decorrer do filme, vemos Brandon tomar forma, realizar-se como homem. A descoberta é um trauma irrestituível, um dano moral, espiritual, e tambem social, pois se estende aos que estão a sua volta.

A historia de Brandon é uma tragédia genuína e contemporânea. A busca da identidade passa, para ele, pela mudança de sexo, pela conquista, através da sexualidade, de uma nova e mais verdadeira condição. Brandon é um herói do nosso tempo, e foi retratado com muita delicadeza e propriedade por Kimberly Pierce.

 

Uma Mente Brilhante

 

dvd-mente-brilhante"Uma mente Brilhante", baseia-se na biografia de John Nash escrita por Sylvia Nasar, e começa com a chegada do jovem Nash à Universidade de Princenton, em 1947. Isolado de todos e tudo, Nash recusa-se a participar nas actividades básicas da Universidade, tais como assistir às aulas, conviver com os colegas, etc. O seu objectivo é a procura de uma "Ideia original".

Incentivado pelo colega Charles a procurar a sua ideia original" fora das quatro paredes do seu quarto, Nash inspira-se em fontes estranhas, como o movimento dos pombos no parque, os movimentos de uma equipa de futebol e até do roubo de uma carteira. Nenhum destes três estudos o ajuda. Será numa conversa de bar que Nash encontra inspiração para a sua "Ideia Original", uma teoria revolucionária com aplicação à economia moderna e que contradizia 150 anos do reinado de Adam Smith na área.

O reconhecimento pelo seu trabalho acontece em 1953, após ter Nash realizado alguns trabalhos no Pentágono a decifrar códigos russos. Ao mesmo tempo, Nash é Professor. Conhece uma aluna, Alicia, com a qual viria a casar e ter um filho. Tudo parecia correr bem com o casal, até que Nash começa a ser perseguido por desconhecidos. Nash não resiste à grande pressão e começa a ficar paranóico.

O resto do filme segue uma trajectória repleta de desafios, onde Nash luta, não só contra a esquizofrenia, mas também contra todos aqueles que não acreditavam na sua recuperação. O filme termina o reconhecimento pelo qual Nash tanto ansiava: o Prémio Nobel de Economia em 1994, pelo seu contributo na Teoria dos Jogos.

 

Uma Lição de Amor

uma-licao-de-amor-gTítulo Original: (I Am Sam)
Lançamento: 2001 (EUA)
Direção: Jessie Nelson
Atores: Sean Penn , Michelle Pfeiffer , Laura Dern , Dakota Fanning , Dianne Wiest
Duração: 133 min
Gênero: Drama

Sam Dawson (Sean Penn) é um homem com deficiência mental que cria sua filha Lucy (Dakota Fanning) com uma grande ajuda de seus amigos. Porém, assim que faz 7 anos Lucy começa a ultrapassar intelectualmente seu pai, e esta situação chama a atenção de uma assistente social que quer Lucy internada em um orfanato. A partir de então Sam enfrenta um caso virtualmente impossível de ser vencido por ele, contando para isso com a ajuda da advogada Rita Harrison (Michelle Pfeiffer), que aceita o caso como um desafio com seus colegas de profissão.
Uma Lição de Amor é um ótimo filme, e realmente ensina uma lição aqueles que costumam subestimar aos demais (sejam lá por quais forem suas condições)…

 

Pequeno Milagre

 

209606_4Sinopse: Simon Birch (Smith) foi o menor bebê a nascer no Gravestown Memorial Hospital. Com sérios problemas de crescimento, os médicos o declararam um verdadeiro milagre. Convencido de que Deus o pôs no mundo para tornar-se um herói, o pequeno Simon divide suas fantasias e altas aspirações com o melhor amigo, Joe (Mazzello), filho de uma adorável mãe solteira (Judd)que se nega a revelar a identidade do pai do garoto.

Enquanto Deus não o transforma na figura heróica e grandiosa que imagina, Simon discute a fé com a tirânica professora de catecismo (Hooks) e com o reverendo Russell (Strathairn). Em um lance trágico que irá mudar para sempre o destino dos dois, Joe e Simon se unem para encontrar o que falta em suas vidas. Para Joe, é a identidade do pai que não conheceu.Para Simon, é descobrir o desígnio divino para o qual foi criado.

Empregando até alguns elementos religiosos, Pequeno Milagre, inicialmente, é um filme simples… Mas no decorrer de seu desenvolvimento torna-se cada vez mais interessante, e cativante.



Título Original: Simon Birch
Gênero: Drama
Origem/Ano: EUA-CAN/1998
Duração: 113 min
Direção: Mark Steven Johnson

 

Menina de Ouro

 

capa_dvd_menina_ouroSinopse: Frankie Dunn (CLINT EASTWOOD) é uma lenda do boxe. Por ele passaram grandes lutadores e passou a vida nos ringues. Sofrendo com o doloroso distanciamento da filha, Frankie há muito tempo optou por não se aproximar de ninguém. Seu único amigo é Scrap (MORGAN FREEMAN), ex-boxeador que cuida do ginásio de Frankie e sabe que por baixo da aparência rude, encontra-se um homem que freqüenta a missa quase diariamente há 23 anos, em busca de um perdão que nunca consegue alcançar. E então Maggie Fitzgerald (HILARY SWANK) entra em seu ginásio a fim de se tornar uma lutadora de boxe profissional. Maggie traz consigo um talento não-lapidado, uma determinação inabalável e uma tremenda força de vontade. Mais do que tudo, porém, deseja que alguém acredite nela. Por não desejar - ou por não ser capaz de - desistir do seu objetivo de vida, Maggie se entrega totalmente ao treino diariamente, encorajada apenas por Scrap. Vencido pela determinação de Maggie, Frankie acaba por aceitar treiná-la. Revezando momentos em que se agridem ou se inspiram mutuamente, os dois descobrem ter um espírito em comum que transcende as dores e perdas que sofreram no passado, e encontram um no outro a família que há muito perderam. O que eles não sabem é que em breve enfrentarão uma batalha que exigirá mais coragem do que qualquer outra.



Título Original: Million Dollar Baby
Gênero: Drama
Origem/Ano: EUA/2004
Duração: 137 min
Direção: Clint Eastwood

 

Crash

 

filme-crash-no-limiteHistórias atemporais interligadas pelo destino, a busca pela felicidade, o aprendizado que para algunas só é obtido pelos próprios erros, a necessidade de reconhecimento… Crash é sobre tudo isso, sobre como a vida pode ser complicada (e descomplicada ao mesmo tempo).

Eficiente, bem executado, e com um grande elenco… Crash te faz pensar (e re-prensar) em todos aqueles erros que você já cometeu (ou os que ainda pode cometer).



Sinopse:

O filme mostra o encontro de vários personagens totalmente diferentes nas ruas de Los Angeles: uma dona-de-casa e seu marido, promotor público, da alta sociedade; um lojista persa; um casal de detetives da polícia - ele afro-americano, ela latina -, que também são amantes; um diretor de televisão afro-americano e sua esposa; um mexicano especialista em chaves; dois ladrões de carros da periferia; um policial novato; e um casal coreano de meia-idade. Todos vivem em Los Angeles e cada um tem sua própria história. Nas próximas 36 horas, eles vão se encontrar



Ficha Técnica:
Gênero: Drama
Tempo: 100 min.
Lançamento: 2004
Lançamento DVD: Fev de 2006
Classificação: 14 anos
Distribuidora: Imagem Filmes
Estrelando: Sandra Bullock, Don Cheadle, Matt Dillon, Jennifer Esposito, William Fichtner, Brendan Fraser, Ludacris, Thandie Newton, Ryan Phillippe, Larenz Tate, Tony Danza, Keith David, James Haggis.
Dirigido por: Paul Haggis
Produzido por: Don Cheadle, Paul Haggis, Mark R. Harris, Robert Moresco, Cathy Schulman, Bob Yari

 

Filhos do Paraíso


Sinopse

capa_filme_filhos_do_paraiso_melhorAli (Amir Farrokh Hashemian) é um menino de 9 anos proveniente de uma família humilde e que vive com seus pais e sua irmã, Zahra (Bahare Seddiqi). Um dia ele perde o único par de sapatos da irmã e, tentando evitar a bronca dos pais, passa a dividir seu próprio par de sapatos com ela, com ambos revezando-o. Enquanto isso, Ali treina para obter uma boa colocação em uma corrida que será realizada, pois precisa da quantia dada como prêmio para comprar um novo par de sapatos para a irmã.



Ficha Técnica

Título original: Bacheha-Ye aseman
Gênero: Drama
Duração: 1h28
Ano de lançamento: 1997
Estúdio: The Institute for the Intellectual Development of Children & Young Adults
Distribuidora: Buena Vista International / Miramax Films
Direção: Majid Majidi
Roteiro: Majid Majidi
Produção: Amir Esfandiari e Mohammad Esfandiari
Fotografia: Parviz Malekzaade
Edição: Hassan Hassandust

 

Divã


DIV_20~1Sinopse

“Divã” conta a história de Mercedes, uma mulher de 40 anos que vive às voltas com as alegrias e desafios da sociedade contemporânea.

Casada e mãe de dois filhos, Mercedes decide, mesmo sem saber bem o porquê, procurar um psicanalista. E, assim, o que antes era apenas uma curiosidade, se transforma em uma experiência devastadora, que provoca uma série de mudanças em sua vida cotidiana.

No divã, Mercedes questiona o seu casamento, a realização profissional e seu poder de sedução. A melhor amiga Mônica, a companheira de todos os momentos, vê de perto a transformação de Mercedes e participa de suas novas experiências e descobertas, apesar de nem sempre concordar com suas escolhas.

As revelações de Mercedes para o analista, assim como as conversas com a melhor amiga, dão novo rumo à vida de Mercedes que a princípio parecia boa, estável, mas sem grandes emoções. É só o princípio de uma grande transformação.

Elenco

Lilia Cabral – Mercedes
José Mayer – Gustavo
Reynaldo Gianecchini – Theo
Cauã Reymond – Murilo
Alexandra Richter – Monica
Eduardo Lago – Carlos Ernesto
Paulo Gustavo – René
Elias Gleizer – Agenor Antonio
Pedro – Tio de Gustavo
Vera Mancini – Hillary
Helena Fernandes – Shirlene
Duda Mamberti – Padre
Julianne Trevisol – Ju
César Cardareiro – Filho de Mercedes 1
Johny Massaro – Filho de Mercedes 2
Dona Eulália – Luppe de Giglioty

Ficha Técnica

Direção: José Alvarenga Jr.
Direção de Arte: Cláudio Domingos
Direção de Fotografia: Nonato Estrela, ABC
Roteiro Original: Marcelo Saback
Direção Musical: Guto Graça Mello
Som Direto: Zezé D’Alice
Edição de Som: François Wolf
Figurino: Ellen Millet
Montagem: Diana Vasconcelos, ABC
Produtores Delegados: Daniel de Castro e Rossine A. Freitas
Produção Executiva: Iafa Britz, Marcos Didonet, Vilma Lustosa e Walkiria Barbosa
Produtor Associado: Bruno Wainer
Co-produção: Rio Filme, Globo Filmes e Lereby
Produção: Total Entertainment
Distribuição: Downtown Filmes
Produtores: Iafa Britz, Marcos Didonet, Vilma Lustosa e Walkiria Barbosa
Baseado na peça homônima de Marcelo Saback livremente inspirado no livro Divã de Martha Medeiros
Site oficial:
www.divaofilme.com.br


Nome Indicação / Temas Sinopse
21 gramas Morte O filme explora as vidas complicadas de três personagens: uma mãe ex-viciada com um casamento perfeito, um ex-presidiário que se tornou religioso, e um professor de matemática à beira da morte, aguardando transplante de coração. Os destinos dessas pessoas são ligados em uma mistura de amor, redenção e obsessão. O título refere-se ao peso que um corpo perde quando sua alma o deixa com a morte.
28 dias Alcoolismo Sandra Bullock é Gwen Cummings, uma escritora nova-iorquina que, junto com o namorado Jasper, vive uma rotina que se resume ao mundo das badalações. Até que, na cerimônia de casamento de sua irmã Lily, Gwen se embriaga e causa um acidente dirigindo a limusine dos noivos. Em função disso, um tribunal a condena a passar 28 dias num centro de reabilitação para viciados.
8 mile Cultura suburbana, superação, família Filme parcialmente biográfico sobre a vida de um rapper (Eminem) nos guetos de Detroit e sua luta para tentar conquistar o sucesso.
A experiência Psicologia social, interação de grupos, violência, experiência científica Refilmagem de Stanford Prison Experiment, de 1971. Uma prisão provisória é montada em um laboratório de pesquisa. Por duas semanas, vinte homens são contratados para serem prisioneiros ou guardas nas celas, cheias de grades de câmeras de segurança. O objetivo de tudo isso é científico: os pesquisadores querem saber como esses homens reagem a penas leves, sem uso algum de violência. Os participantes podem desistir da experiência quando quiserem. O que começa como algo aparentemente simples e fácil acaba saindo do controle de ambos os lados: dos supostos guardas e dos prisioneiros.
A janela secreta Psicose – esquizofrenia Recém-divorciado da esposa que o traía, escritor famoso passa a ser perseguido por um misterioso homem que o acusa do plágio e quer justiça.
A máfia volta ao divã Psicoterapia O mafioso Paul Vitti finge-se de louco para sair da prisão e fica sob custódia de seu psiquiatra, Ben Sobel. O gângster está ameaçado de morte e bagunça a vida do médico, em crise depois da morte do pai.
A marca Serial killer Investigadora da polícia acompanha serial killer e descobre que todas as vítimas são seus ex-namorados
A vida de David Gale Homem preso injustamente, tribunal, luta por direitos humanos, pena capital uma jornalista famosa (Kate Winslet) é chamada para fazer uma entrevista exclusiva com um condenado a morte, pouco dias antes de sua execução. É David Gale (Kevin Spacey), um ex-professor universitário e ativista da luta contra a pena capital.
Abril despedaçado Valores família nordestina Nordeste brasileiro, 1910. Jovem discute a tradição de luta e violência de sua família com rivais. O sentimento cresce quando conhece dois artistas circenses.
A corrente do bem Solidariedade Garoto incentivado por professor cria corrente de boas ações que aos poucos se espalha por várias cidades.
As duas faces de um crime Tribunal, julgamento, religião, perversão (manipulação) .Em Chicago, um arcebispo (Stanley Anderson) é assassinado com 78 facadas. O crime choca a opinião pública e tudo indica que o assassino é um jovem de 19 anos (Edward Norton), que foi preso com as roupas cobertas de sangue da vítima. No entanto, um ex-promotor (Richard Gere) que se tornou um advogado bem-sucedido se propõe a defendê-lo, sem cobrar honorários, tendo um motivo para isto: adora ser coberto pela mídia, além de ter uma incrível necessidade de vencer.
Deixe-me viver Relação conturbada entre mãe e adolescente Depois que sua mãe envenena seu pai, garota roda várias casas adotivas, aprendendo sobre amor, perda, família e maturidade
Entre quatro paredes Suicídio Médico vive uma vida tranquila com a mulher, professora de canto. O único filho do casal volta para casa a fim de passar as férias da faculdade e se apaixona por uma mulher que é mãe solteira. Uma tragédia está por vir
Identidade Psicopatia, crime, serial killer Dez desconhecidos se encontram em um hotel numa noite chuvosa, e vão sendo assassinados um a um. Quem será o culpado?
Meu nome é radio Deficiência intelectual Na Carolina do Sul, o técnico de futebol americano Harold Jones (Ed Harris) faz amizade com Radio (Cuba Gooding Jr.), um estudante de colegial que é deficiente intelectual. O relacionamento do dois duram décadas e Radio se transforma de um garoto tímido e atormentado a uma inspiração para a comunidade onde vive.
Monster – desejo assassino Serial killer Vítima de abusos durante a infância, Aileen Wuornos (Charlize Theron) tornou-se prostituta ainda na adolescência. Ela está prestes a acabar com a própria vida quando conhece Selby (Christina Ricci), uma jovem lésbica com quem acaba se envolvendo. Certa noite, depois de ser agredida por um cliente, Aileen acaba matando o sujeito. O incidente desencadeia uma série de outros assassinatos, que faz com que ela fique conhecida como sendo a primeira serial killer dos Estados Unidos.
No limite do silêncio Suicídio Afastado do trabalho desde o suicídio de seu filho, um psiquiatra volta à atividade, a pedido de uma ex-aluna, para tratar de um garoto marcado por uma tragédia.
O clube do imperador Relação professor-aluno Numa escola freqüentada pela elite americana, o professor idealista William Hundert (Kevin Kline) é conhecido por suas aulas cheias de alegria e emoção. Tudo caminha bem até o dia em que um de seus alunos, o arrogante Sedgewick Bell (Emile Hirsch), filho de um respeitado senador, inicia uma guerra particular com Willian, criticando inclusive seus métodos de ensino. Essa batalha de egos entre os dois acaba se estendendo por anos.
O Júri Análise psicológica de pessoas convocadas em um tribunal do júri Uma viúva decide processar uma poderosa empresa e pedir uma milionária indenização. Em meio à escolha do júri, um dos jurados revela ter planos próprios para enriquecer com o processo.
O observador Serial killer Keanu Reeves é um serial killer que trava um jogo de gato-e-rato com um detetive de Los Angeles, enviando para ele as fotos de suas vítimas ainda antes de matá-las.
Refém do silêncio Psiquiatria Nathan Conrad (Michael Douglas) é um conceituado psiquiatra, que vive feliz com sua esposa (Famke Janssen) e sua filha (Skye McCole Bartusiak). Até que ele é chamado por um colega para examinar a jovem Elisabeth Burrows (Brittany Murphy), que está em estado catatônico e prestes a ser enviada para um manicômio. A curiosidade leva Nathan a se aprofundar no caso, buscando descobrir o significado das palavras “Você quer o que você quer, não é? Eu não direi nada a você”, ditas por ela logo após entrar em catatonia. Mas o que antes era simples curiosidade se transforma num verdadeiro pesadelo quando a filha de Nathan é sequestrada e o resgate exigido é justamente informações acerca de um diamante roubado, que estão na mente de Elisabeth.
Regras da vida Pró-aborto, vida no orfanato, relação do médico com o uso de drogas para amenizar suas rotinas, abuso sexual, exercício ilegal da profissão. Regras da Vida, cujo roteiro foi escrito por John Irving a partir de seu próprio livro, narra a história do jovem órfão Homer Wells (Maguire), que depois de duas frustradas tentativas de adoção, passa a ser criado pelo médico responsável pela direção do orfanato em que vive, o bondoso Dr. Larch (Caine), que lhe ensina tudo sobre a medicina – especialmente no que se refere à realização de partos e abortos. Certo dia, porém, Homer decide viver novas experiências além dos limites da instituição na qual passou toda a sua existência e, para isso, parte ao lado de um casal que viera até o orfanato a fim de realizar um aborto. Ao longo dos meses seguintes, o rapaz torna-se colhedor de maçãs e envolve-se com a bela moça que lhe deu carona – que sente-se extremamente solitária desde que o namorado partiu para a guerra. Sempre negando-se a retornar ao seu lar original (apesar das inúmeras cartas do Dr. Larch, que sonha em ser substituído por seu ‘filho adotivo’), ele acaba sendo obrigado a rever seus próprios valores e objetivos.
Relação perigosa Psicopatia Julianne e Mitch acabam de se casar. Ela, filha de uma tradicional família de sociedade. Ele, apenas um cara comum, sem status ou dinheiro, que ama Julianne, sua guitarra e as coisas simples. Para passar a tão esperada a lua-de-mel com sua jovem esposa, Mitch escolheu um refúgio nas montanhas, um lugar tranqüilo e isolado de tudo. Mas, o que começa como uma romântica viagem de lua-de-mel logo torna-se um verdadeiro pesadelo para Julianne. Ela percebe o comportamento de Mitch alterando-se de forma estranha e um tanto violenta. Ela descobre que ele vem mentindo sobre várias coisas e que não tem a menor intenção de ir embora da ilha, muito menos de deixá-la partir. Presa numa ilha deserta, sem meios de transporte ou comunicação com o resto do mundo, e depois de algumas violentas brigas com Mitch, Julianne se dá conta de que apenas um deles conseguirá sair vivo dali.
Revelações Preconceito e discriminação Reitor acusado de preconceito é expulso da universidade e se envolve com uma mulher muito mais jovem, pobre e emocionalmente instável. Tanto ele quanto ela, porém, guardam um terrível segredo no passado.
Roubando vidas Serial killer Perita em perfil criminal é convocada pela polícia canadense para investigar serial killer que assume a identidade de cada nova vítima
Simplesmente amor Várias perspectivas sobre o amor O diretor Richard Curtis leva às telas diversas histórias em que o amor modifica a vida das pessoas.
Sobre meninos e lobos Violência sexual na infância e suas conseqüências O assassinato de uma garota faz com que um amigo de seu pai passe a investigar o caso, precisando desenterrar segredos do passado para revelar quem foi o autor do crime.
Tiros em Columbine Cultura do medo Documentário do jornalista norte-americano Michael Moore sobre a violência nos EUA, especialmente na cidade e escola americanas (Columbine) onde dois adolescentes mataram a tiros professor e colegas.
Voltando a viver Mostra trabalho de um psiquiatra. Drama. Rapaz órfão agressivo busca conhecer e perdoar sua família natural para seguir em frente sua vida. Após criar problemas, um jovem marinheiro de temperamento explosivo é enviado para tratamento com um psiquiatra, que acaba se tornando o pai que nunca teve

Observações:

1- A maioria das sinopses foram retiradas do site www.epipoca.cidadeinternet.com.br

2- Site sobre filmes sobre relacionamentos familiares: http://www2.uerj.br/psicologia/pro-adolescente.html

3- Podem existir inúmeras visões sobre o mesmo filme. Aqui eu só quis mostrar uma simples indicação para cada um.
4- Fonte: http://cristianopaula.net/?p=247

 

O que você quer encontrar no site?
Clique nos links abaixo:

Principal
Dúvidas
Serviços
Depoimentos
Agende pela internet
Consultório
Orientação On-Line
Cursos On-Line
Parcerias
Blog
Projeto Simples Assim Crianças
Projeto Simples Assim Adolescentes
Downloads
Livros e Filmes
Vídeos Educativos
Livro de Visitas
Responsabilidade Social
Artigos Publicados
Quem sou
Contato